Informativo On-line

SINFAC RS participa do 5º Congresso de Relações Sindicais e do Trabalho

O Sindicato das Sociedades de Fomento Comercial – Factoring do Estado do Rio Grande do Sul (SINFAC RS), representado pelo seu Presidente, Dr. Marcio Aguilar, pelo seu Vice-Presidente Administrativo, Sr. Carlos Conte, e pelo seu Diretor Sindical, Sr. Gilberto Bavaresco, participou do 5º Congresso de Relações Sindicais e do Trabalho, realizado pela Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio), na cidade de Torres/RS, nos dias 21, 22 e 23 de outubro.

De acordo com o Presidente do SINFAC RS, Dr. Aguilar, “pautas muito importantes foram debatidas no encontro, destaco a matéria sobre a reforma trabalhista e os seus desafios antes e pós-pandemia do coronavírus”.

O Vice-Presidente, Sr. Conte, destaca algumas palestras e palestrantes, que para ele enriqueceram os debates e trocas de informações: “a palestra sobre a ‘Reforma: Trabalhista e a Revolução Tecnológica’, pela Ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Exma. Sra. Maria Cristina Peduzzi; ‘A arbitragem trabalhista, Acordo Extrajudicial e Termo de Quitação Anual (abrangência e limites)’, pela Advogada, Dra. Vólia Bomfim Cassar; ‘Direito do Trabalho na perspectiva da Justiça do Trabalho, do Setor Produtivo e do Movimento Sindical’, pelo Vice-Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, Dr. Francisco Rossal de Araújo, e pelo Gerente Geral Jurídico de Lojas Renner, Sr. Carlos Henrique Barroso; ‘Entidades Sindicais e os procedimentos Administrativos junto ao Ministério do Trabalho e Previdência’, pelo Subsecretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência, Dr. Mauro Rodrigues de Souza”.

O Diretor Bavaresco afirma que os debates foram muito reflexivos, tanto a opinião dos palestrantes, quanto dos debatedores, e faz uma breve síntese dos assuntos abordados nas palestras: “O dissídio é determinante e está acima da lei, pois, é nesse momento que é convencionado o que vem, realmente, de encontro aos anseios, dos colaboradores e empresas, assim como sindicatos laborais, patronais e seus representados. As empresas devem, cada vez mais, treinar os seus funcionários, chefias e, principalmente, os empreendedores. E, que a câmara de conciliação é um caminho a ser seguido".

Bavaresco ressalta o quanto o “SINFACRS é um forte e diferenciado sindicato patronal, tendo, atualmente, mais de 230 empresas associadas em sua base associativa”.